• en
  • es

Dicas de segurança no Rio de Janeiro – o que saber

Dicas de segurança no Rio de Janeiro – o que saber

Qual a primeira coisa que você escuta no momento que fala que vai visitar o Rio de Janeiro? Cuidado! Isso mesmo. Sabemos que a cidade tem uma péssima fama, no quesito segurança. Por isso nesse texto vamos deixar algumas dicas de segurança para o Rio de Janeiro. Assim, você poderá aproveitar melhor sua viagem!  

DICAS DE SEGURANÇA NO RIO DE JANEIRO

Uma das primeiras observações a serem feitas aqui é que o Rio de Janeiro é uma grande metrópole. E assim como qualquer outra, os seus visitantes estarão sujeitos a algumas situações. A cidade do Rio também é uma cidade muito turística, e acontecem grandes eventos como o Réveillon e o carnaval.  

O verão carioca é um dos mais procurados por turistas em todo o mundo. Podemos dizer que até mesmo os cariocas não deixam de aproveitar um belo dia de sol ou o carnaval, apesar da “insegurança”. Então, não abra mão de conhecer um destino muito interesse por isso. Vamos te ajudar, veja algumas dicas de segurança.  

SOBRE A LOCOMOÇÃO

Utilize os meios de transporte públicos disponíveis na cidade. Você sabia que após os Jogos Olímpicos de 2016, a cidade ficou bem mais segura para os turistas? Sim. O que acontece é que foram realizadas obras de mobilidade urbana na cidade. Hoje quase todo o percurso e pontos turísticos conhecidos pelos turistas tem uma boa cobertura de transporte público.

OPÇÕES DE TRANSPORTES

Estão disponíveis algumas opções. Use e abuse do metrô na cidade. O metrô no Rio é um dos transportes mais seguros da cidade. Com o metrô você tem acesso a todos os bairros da Zona Sul, como Copacabana e Ipanema.

Realizando a integração do metro com o VLT você pode conhecer o Boulevard Olímpico, Museu do Amanhã e AquaRio. Já com o metrô e ônibus, você poderá conhecer o Cristo e Pão de Açúcar por exemplo. Essas zonas também são bem mais policiadas que outras partes da cidade. 

Saiba mais sobre os Transportes Públicos no Rio de Janeiro 

OUTRAS FACILIDADE DE LOCOMOÇÃO

Com a chegada de aplicativos de carros particulares, ficou muito mais fácil locomover-se pela cidade. Essa é uma opção mais barata que os táxis comuns. Só esteja atento aos detalhes:  

COM UBER E APLICAÇÕES SIMILARES

– Alguns motoristas desse tipo de transporte utilizam algumas aplicações de GPS e podem tomar rotas não muito seguras, caso ele desconheça o trajeto. Então, ao solicitar esse tipo de corrida, acompanhe o percurso através do Maps ou outra aplicação de GPS. Assim, poderá evitar situações indesejáveis.  

COM TÁXIS

Na cidade em geral há uma boa oferta de táxis para a população, especialmente em zonas turísticas. Alguns detalhes devem ser considerados, antes de solicitar o serviço de táxi, confira:  

Como grande parte dos turistas prefere utilizar táxi para se deslocar, não é difícil encontrar o que chamamos de taxistas piratas. Na verdade, não são taxistas oficiais e sempre vão te oferecer uma corrida por um preço fixo. Não aceite.  

OUTROS CUIDADOS

– Dê preferência aos carros que utilizam taxímetro na corrida e de cor amarela, que os são táxis comuns da cidade;  

– Em alguns casos os motoristas vão querer aproveitar da sua condição de turistas e querem fazer uma rota maior, no intuito de encarecer a corrida. Você poderá então, buscar acompanhar sua rota utilizando um aplicativo de GPS ou Google Maps.  

ATENÇÃO MULHERES

– Se você é mulher e viaja sozinha, prefira transportes mais seguros, como o metrô ou até mesmo um táxi e não dê muitos detalhes sobre sua viagem.  

ASSALTOS E FURTOS

O risco de passar por uma situação como esta, não é apenas no Rio de Janeiro. Na cidade, no entanto não é comum os “batedores de carteiras”, como acontecem em outras cidades no mundo. Furtos e assaltos aqui estão mais associados a grandes eventos com aglomerado de pessoas e situações de descuido, em um dia de praia, por exemplo.  

NÃO SE ASSUSTE

Para evitar os assaltos, uma prática comum dos motoristas de táxis e Uber na cidade, é não parar em sinais vermelhos após a meia noite. Ficar com o carro parado em um sinal após esse horário, é considerado alvo fácil. Então não se assuste com essa pratica.  

CUIDADOS GERAIS QUE VOCÊ DEVERÁ TOMAR:

– Evite passar por túneis, em qualquer horário;  

– Evite estar caminhando por ruas escuras e sem movimento;  

– Saia para conhecer a cidade com o necessário: dinheiro e algum documento de identificação; evite o uso de objetos de valor e que podem chamar a atenção;  

– Evite usar o celular ao caminhar ou parado na rua;  

– Ao solicitar Uber ou carros particulares, espere seu carro chegar dentro do restaurante ou na portaria do prédio;  

DICAS

– Hospede-se perto do metrô, é seguro e conveniente para realizar seus passeios;  

– Se precisa realizar saques, dê preferência na volta ao hotel. Você evitará caminhar nas ruas com uma grande quantia de dinheiro;  

– Nos bairros da Zona Sul, prefira sempre caminhar pelas principais avenidas. Sempre há comercio e são mais movimentadas;  

– Se quiser tirar fotos, busque pontos com mais pessoas ao redor. 

DICAS SOBRE PRAIA

– Dê preferência a curtir um belo dia de praia durante a semana. No final de semana a praia normalmente estará muito cheia e oferecerá mais riscos;  

– Atenção ao caminhar no calçadão da praia junto a ciclovia, busque caminhar junto à faixa de areia; 

– Na praia, não deixe seus pertences soltos, enquanto mergulha. Busque alguém que poderia cuidar alguns minutos dos seus objetos;  

– À noite, prefira caminhar pelo calçadão de Copacabana. No bairro é maior a circulação de pessoas e há muitos quiosques por toda orla;  

– Se você quiser aproveitar as praias mais calmas e fugir do risco de arrastões e furtos, busque as praias da Urca, Leblon e na Barra da Tijuca.  

VISITA AOS PONTOS TURÍSTICOS

– Sempre compre seus ingressos por páginas oficiais das atrações. Desconfie de pessoas oferecendo preços muito baixos!  

– Ao buscar serviços de empresas de turismo, leia os comentários sobre a empresa, veja as referências e peça recomendações no hotel;  

– Se você deseja realizar um “Favela Tour” (são os tours em comunidades da cidade), busque saber as referências de quem oferece o passeio e se possível, vá acompanhado de alguém que conheça e more no local;  

– Evite visitar a região do centro da cidade no fim de semana. Durante a semana, essa zona é bem mais movimentada;  

Participe do Walking Tour no Centro e Lapa. Conheça a zona central da cidade de uma perspectiva histórica, acompanhado de um grupo animado.  

– Se utiliza câmera fotográfica, leve-a em uma bolsa trespassada pelo corpo. Retire, use e volte para a bolsa;  

– Em lugares com muitas pessoas, esteja atento aos seus pertences, mantenha a mochila a sua vista e não deixe seu celular no bolso; 

– Vai visitar a Lapa? Não leve consigo objetos de valor e grande quantia de dinheiro. Leve o necessário para aproveitar sua noite com segurança: dinheiro e identificação;  

Aproveite a Lapa com um grupo animado. Participe do Pub Crawl na Lapa da Free Walker. Te apresentaremos a vida noturna da cidade nos melhores bares e com muita diversão!  

pub-crawl-lapa-sacrilegio

Então, são dicas simples, não é? Agora já pode aproveitar muito sua viagem! 🙂

Compartilhar: Facebook Twitter Google